Início » Regras e Regulamentos » Financiamento Minha Casa Minha Vida 2021 – Como Funciona?

Financiamento Minha Casa Minha Vida 2021 – Como Funciona?

Conquistar o sonho da casa própria se tornou mais fácil e acessível com o Minha Casa Minha Vida, um programa de financiamento de moradia criado pelo governo federal.

Neste artigo, esclarecemos como funciona o financiamento Minha Casa Minha Vida 2021, além de dar dicas para solicitá-lo.

Confira e saiba como utilizar esse benefício.

Como funciona o Minha Casa Minha Vida?

Trata-se de uma iniciativa do governo federal, que disponibiliza para a população condições mais atrativas de financiamento imobiliário, viabilizando que famílias consigam comprar casa própria.

O Minha Casa Minha Vida oferece um subsídio para o beneficiário, pagando parte do valor do imóvel. O restante pode ser pago à vista ou parcelado, dependendo das condições financeiras da família.

Esse subsídio do programa pode chegar a até 90% do preço do imóvel e o valor das parcelas do financiamento não deve ser maior do que 10% da renda familiar mensal. Além disso, o prazo total para quitar a dívida é de 30 anos.

Para ser beneficiário do programa, que é feito pela Caixa Econômica Federal, o interessado deve cumprir vários requisitos, entre eles ter renda mensal de até R$ 7 mil.

Quem tem direito ao Minha Casa Minha Vida?

Minha Casa Minha Vida 2021

A participação no Minha Casa Minha Vida é garantida somente a interessados que cumprem pré-requisitos estabelecidos pelo governo federal. Abaixo, listamos quais são eles:

  • Ter renda mensal familiar de até R$ 7 mil,
  • Nunca ter participado de qualquer outro programa habitacional do governo federal, estadual ou municipal,
  • Ter mais de 18 anos de idade,
  • Residir ou trabalhar a, no mínimo, um ano no município em que deseja comprar o imóvel,
  • Não ter outro imóvel no nome do comprador,
  • Ter trabalhado, no mínimo, três anos com carteira assinada,
  • Não ter restrições em órgãos de análise de crédito, como o Serasa. Válido somente para famílias que ganham a partir de R$1.800,00.

Como fazer Inscrição Minha Casa Minha Vida 2021?

Minha Casa Minha Vida 2021

A inscrição para o Minha Casa Minha Vida é feita de acordo com a renda mensal da família. A seguir, apresentamos como funciona.

Veja em qual perfil você se enquadra:

Família com renda mensal de até R$1.800,00

É preciso ir até a prefeitura da cidade ou uma entidade organizadora. Procure endereços diretamente no site da prefeitura e, caso haja oferta de imóveis, é só fazer o cadastro necessário.

Em seguida, é preciso aguardar a data de sorteio dos imóveis e assinatura de contrato, se for contemplado.

Caso não haja imóvel na região, peça para ser avisado quando novas inscrições forem realizadas.

Família com renda mensal acima de R$1.800,00

A inscrição no Minha Casa Minha Vida deve ser feita diretamente na Caixa Econômica Federal, apresentando os documentos da família e informações sobre o imóvel que deseja adquirir.

Também é possível contatar a construtora ou imobiliária responsável pelo imóvel.

Neste caso, a empresa dá todo o suporte para inscrição e concessão do benefício, já que é a principal interessada em fechar negócio. Veja mais informações sobre as faixas do programa clicando aqui.

Pagamento Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida 2021

O financiamento do imóvel pode ser pago por boleto ou débito automático em conta.

Quem já é cliente da Caixa Econômica Federal pode agendar o pagamento no menu de serviços do internet banking ou diretamente no banco.

Se preferir, também é possível utilizar o saldo de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para quitar o financiamento ou suas parcelas, reduzindo o saldo devedor.

Juros Minha Casa Minha Vida

Ainda que ofereça subsídios e melhores condições de pagamento, há incidência de juros na parcela do financiamento no Minha Casa Minha Vida.

Isso funciona da seguinte forma:

  • Famílias que ganham até R$1.800,00 estão isentas, ou seja, não precisam pagar juros,
  • Famílias que ganham até R$2.600,00 pagam juros de 5% ao ano,
  • Famílias que ganham a partir de R$2.600,00 pagam juros a partir de 5,5% até 9,3% ao ano.

Quanto maior a renda familiar total, mais alta a taxa de juros.

Minha Casa Minha Vida 2021

O que acontece se atrasar o pagamento?

O atraso no pagamento do financiamento implica na perda do imóvel, porque o bem é dado como garantia.

Antes disso, alguns procedimentos são adotados pelo banco:

  • Após 30 dias de atraso de uma parcela, o banco inicia a execução extrajudicial, que notifica o devedor e dá 15 dias para regularização,
  • Tentativa da renegociação da dívida, quando o atraso é muito longo,
  • Tomada do imóvel, caso não haja pagamento após a renegociação.

Us o simulador da Caixa para ter uma ideia simples do que você deverá pagar!

Comente